Resultados em 20 minutos

blank
7 Mitos sobre Cross training
Janeiro 19, 2022
blank
5 Vantagens dos treinos matinais
Fevereiro 2, 2022

Queimar calorias após 20 minutos de exercício. Mito ou verdade?

DATA: Janeiro 2022
AUTOR: Rui Madeira | Exercício

Existe a crença de que as calorias e a gordura corporal começam a ser queimadas após os primeiros 20 minutos de exercício físico. Este mito, como o próprio nome indica, é uma falsa crença.

Segundo um artigo da Metropolitan, esta afirmação que refere que é após 20 minutos de exercício que se começa a queimar gordura corporal, é um mito já que as calorias são consumidas ao longo do dia e desde o primeiro segundo de exercício físico.

"Qualquer movimento do corpo requer, em maior ou menor grau, um aporte energético e, portanto, a queima de calorias" esclarece o mesmo artigo.

O mito vem da crença de que, após 20 minutos de exercício físico, o corpo já consumiu o glicogénio acumulado nos depósitos e então começa a queimar gordura, como elemento de reposição de energia. No entanto, na opinião da RM Trainer, o momento em que a gordura corporal começa a queimar em maior proporção dependerá do corpo e do metabolismo de cada pessoa (tipo de dieta, nível de treino, idade, sexo, etc.) e da atividade física realizada.

O importante será o défice energético que uma pessoa alcançou no final do dia, ou seja, evite consumir mais calorias do que gasta e tente garantir que elas venham de alimentos saudáveis.

Em relação ao treino que garante a queima de gordura em poucos minutos, não será apenas uma questão de tempo gasto praticando exercício físico, mas também de intensidade aplicada.

Longos treinos de média/baixa intensidade estão a ficar para trás e estão a dar lugar a sessões intervaladas de menor duração e moderada/alta intensidade, como é o caso do treino HIIT (High Intensity Interval Training).

Está comprovado que este tipo de treino de alta intensidade é mais eficaz na queima de gordura, pois produz uma maior elevação do metabolismo basal (o que o corpo consome para sobreviver). Isso traduz-se num maior consumo diário de energia e, aliado a uma alimentação equilibrada e saudável, gera uma diminuição na percentagem de gordura corporal.

No entanto, recomenda-se que o treino de alta intensidade seja feito em intervalos curtos e nunca exceda os 30 minutos num estado de alta intensidade sem descanso. Com isso, evitará problemas de saúde e evitará acabar perdendo músculo em vez de gordura corporal. Além disso, a supervisão de um Personal Trainer será essencial para realizar uma sessão de HIIT controlada e garantida e, assim, beneficiar de todas as suas vantagens, tal como acontece nos serviços da RM Trainer.

Outros treinos ótimos para combinar com a prática do HIIT no seu planeamento semanal e que também ajudam a perder gordura corporal são exercícios de força, treino cardiovascular e, em geral, manter um estilo de vida ativo movimentando-se o máximo possível e de forma saudável diariamente.

Alguns exercícios cardiovasculares intensos também ajudam a queimar calorias, além de melhorar a resistência física e aumentar a energia.

Resumindo, para a RM Trainer, a intensidade será sempre mais importante que a duração do treino quando a preocupação é a queima de gordura corporal. No final, o que conta é que tenha gasto mais calorias ao final do dia do que aquelas que ingeriu, nunca se dissociando de um estilo de vida ativo e uma alimentação saudável.

Já sabe, treine inteligentemente!