Séries, reps, descanso…

blank
O que é a RM Trainer?
Abril 19, 2019
blank
10 Mitos sobre perda de peso
Abril 20, 2019

Escolher um programa de um site ou de uma revista Fitness e tentar isso não é errado

mas obter esses programas e estabelecer grandes esperanças nos seus resultados é que não só o(a) defraudará, como o(a) fará perder o seu tempo.

Sem segredos, o que há a fazer é personalizar o programa a si! Esta é a grande resposta ao título deste artigo.

DATA: Abril 2019
AUTOR: Rui Madeira | Exercicio

Alguns pontos chave:

1.Aquecimento: todos nós devíamos valorizar mais a nossa coluna. É comum ver pessoas aquecendo os seus braços e pernas e ombros e peito, mas negligenciando a coluna!

Comece o seu aquecimento com pelo menos 1 ou 2 exercícios de mobilidade da coluna e já agora, das pernas também!

2. Identifique as suas fraquezas: você não consegue fazer pull ups (elevações) mas insiste em fazê-las (muitas vezes mal executadas). Talvez o melhor seja efectuar exercícios de progressão que o(a) irão ajudar a conseguir no exercício final.

3. Já ouviu falar sobre a mobilidade escapular? É fundamental fortalecer este ponto se está a treinar a sua parte superior do corpo. O mesmo para a mobilidade da anca ao treinar a parte inferior do corpo.

4.Stretching é uma seca! Não, não é! Inclua-o depois do treino e alongue ativamente antes de qualquer treino também. Isso despertará as partes mais críticas das suas articulações e bombeará sangue para elas. Durante o alongamento usamos uma amplitude maior de movimento do que o exercício para o qual estamos a aquecer protegendo-o de possíveis lesões.

5.Nenhum de nós tem o mesmo DNA, tal como também não temos o mesmo nível de aptidão: devemos sentir os exercícios, regredir e progredir com base nas suas necessidades, respeite o princípio daa individualidade.

Qual o volume adequado?

Comece com menos repetições e séries, depois vá adaptando e progredindo… aqui também terá que ser levado em conta os seus objectivos específicos.

Quantos exercícios por músculo?

Depende de que músculos estamos a falar, mas numa fase inicial geralmente será recomendável até dois exercícios por grupo muscular. Se exagerar neste ponto poderá estar a reduzir a taxa de adaptação e confundindo o músculo para nada.

Qual a carga indicada?

Existe muito (erradamente) a tendência em adicionar mais peso e pedir ajuda a alguém, para conseguir executar as repetições definidas. Muitas vezes esse alguém irá fazer as últimas repetições por nós.

Deixe o ego de parte e execute o exercício com a carga indicada para si. Com dedicação e insistência no treino irá conseguir progredir na carga em breve.

Repouso

Ouça o seu corpo e respeite-o! Muitas vezes o mais torna-se menos. Não é por treinar mais vezes o mesmo grupo muscular que ele irá melhorar, se não lhe der a recuperação necessária estará a regredir.

Resumindo, o fundamental será adaptar o treino a si! As suas características, necessidades, objetivos e limitações são suas e só suas.

Procure um profissional especializado para o ajudar e orientar no processo e aí sim, ganhará tempo na obtenção dos resultados pretendidos.

Bons treinos!