Como vencer a preguiça

maratona lisboa 2022
Pode fazer a maratona com peso a mais, se tomar alguns cuidados
Setembro 30, 2022
outubro mes do regresso aos treinos
Outubro: mês do regresso aos treinos | Por Rui Madeira
Outubro 14, 2022

Sabemos que praticar atividade física é bom para a saúde, mas às vezes é difícil cumprir o plano de treino.

 

DATA: Outubro 2022
AUTOR: Rui Madeira |Exercício

Para muitos, calçar os ténis e ir treinar, é uma tarefa difícil. Segundo um artigo da Revista Metropolitan, no início é fácil ser vencido pela preguiça e pela falta de vontade. Mas na opinião da RM Trainer, definir uma meta, entre outras orientações, ajudá-lo-á a não faltar a um único treino.

Os objetivos devem ser claros e a partir deles estabelecer um plano, ou seja, uma rota para alcançá-los. Devemos desenvolver um plano de acordo com o nosso nível e não ir dos 0 aos 100 numa semana, mas deveremos aumentar a intensidade e o desempenho aos poucos.

Quanto melhor esse plano for, melhores serão os resultados!


1. Defina um horário específico para treinar

Definir um horário específico para realizar cada tarefa é uma das melhores maneiras de ser produtivo. Não basta fazer uma lista de tarefas; atribuir um horário específico para cada uma delas tornará mais difícil adiá-las. Se sabe que tem que ir treinar num horário específico, será mais difícil de adia-lo porque “será a sua hora de treinar”. Se você não definir um horário, provavelmente deixará para depois e acabará por faltar a esse treino.

2. Ambiente de treino

Deverá certificar-se de que o local do treino é agradável e que serve os seus interesses/objetivos. Por exemplo, treinar em ginásio garante-nos companhia e planeamento (supostamente), podendo mesmo levar a uma maior motivação, bem como a possibilidade de utilizar diferentes equipamentos sofisticados que nunca teríamos em casa. Desta forma, treinar num espaço agradável, assim como ao ar livre se assim o preferir, ou em grupo, isso poderá ajudá-lo a aumentar a sua motivação.

3. Crie um hábito

Em geral, as pessoas são de costumes, por isso é importante criar um hábito. A primeira semana é a mais difícil, depois o corpo pede mais. O mais difícil aqui será superar a preguiça inicial e não procurar desculpas para abandonar o plano de treino.

4. Desafios, a chave para manter a motivação

Objetivos são sempre importantes. Eles são a maneira como nós, seres humanos, nos damos um propósito. Precisamos desses objetivos para que a motivação não diminua, sinta a gratificação das coisas bem feitas. Essa adrenalina de atingir metas faz com que as endorfinas subam e nos sintamos melhor. Treinar para se sentir bem, para ganhar qualidade de vida são objetivos mais que suficientes para motivá-lo a praticar exercício físico todos os dias, mas sem dúvida o que mais motiva são os desafios, a competição.

Para que os objetivos sejam eficazes, eles devem ser realistas e alcançáveis. Além disso, alvos direcionados também são mais eficazes se distribuídos em pequena escala. As metas não devem ser muito grandes (longo prazo), devem ser implementadas em pequenas doses (curto/médio prazo). Por outras palavras, pequenos desafios que são cumpridos e, à medida que são cumpridos, acrescentam mais.

Se pertence à grande maioria e acaba por desistir antes do tempo por se desmotivar então a RM Trainer aconselha-o a consultar um Personal Trainer para saber aquilo que poderá fazer por si.

Por exemplo, através do treino personalizado poderá ter:

- um horário específico de treino, o que melhorará bastante a sua assiduidade;

- treinar no local que mais lhe agradar (indoor, outdoor, domicílio, individual ou duo);

- criação de hábitos diários que o levarão a atingir os seus resultados;

- desafios constantes e progressos garantidos.

Escolha aquilo que melhor o servir, o importante é ser ativo e vencer a preguiça!