Treinar sem desmotivar

PT Domicílio Vilamoura
Janeiro 11, 2023

Voltar a fazer desporto! Como é que acertámos na sua resolução de ano novo? Simples! O mês de janeiro já se consagrou como o mês do regresso à vida saudável depois dos excessos cometidos no Natal. Porém, uma coisa é contratar um PT ou fazer a inscrição num ginásio e outra muito diferente é treinar sem desmotivar, ou seja, não permitir que a falta de tempo, o cansaço e a preguiça ponham em causa a continuidade da prática de exercício em fevereiro, março, abril…

 

DATA: Janeiro 2023
AUTOR: Rui Madeira |Exercício

Sim, o sofá é uma verdadeira tentação e a preguiça inimiga da perfeição, mas se três semanas de treinos em janeiro já o estão a deixar abatido, tome nota das próximas dicas para treinar sem desmotivar… e conseguir cumprir com o seu desejo de ano novo!

Como treinar sem desmotivar?

Em primeiro lugar, não está sozinho(a)! A desmotivação é um problema recorrente dos praticantes de exercício físico, seja porque os resultados são difíceis de atingir em pouco tempo, seja porque o desânimo fala mais alto. Portanto, se num dia não apetece e no outro também não, quando der conta, desistiu e convenceu-se de que para o ano é que é. E é, de facto, igual no ano seguinte, a menos que siga as nossas dicas para treinar sem desmotivar e conseguir o corpo que sempre desejou.

 

  1. Escolha a sua atividade preferida

Se a aula de zumba aconselhada por uma amiga, é demasiado barulhenta para si, que prefere caminhadas, yoga e pilates, não hesite em trocá-la! Afinal o que não faltam são opções a nível de desporto no mercado.

Mais do que jeito, para treinar sem desmotivar precisa de gostar do que está a fazer.

 

  1. Faça o treino de acordo com a sua condição física

É natural ter sentido, nos primeiros dias de treino, algumas dificuldades para realizar movimentos, mas se ao longo deste mês de janeiro o desconforto continuar, é melhor verificar se não escolheu um treino com demasiada intensidade, só para (tentar) acompanhar um amigo, por exemplo. Lembre-se que as atividades desportivas devem ser escolhidas de acordo com a condição física, e de preferência com a ajuda profissional de um Personal Trainer.

 

  1. Comece com treinos curtos

Duas horas para começar? Nem pensar! O ideal é encetar a sua nova rotina desportiva com treinos curtos, particularmente se esteve em período de inatividade durante algum tempo, e depois ir aumentando a carga aos poucos.

Os treinos longos, além de serem mais cansativos, são mais desmotivadores e por isso podem afetar a regularidade dos exercícios.

 

  1. Perceba qual é o melhor horário para treinar

Cada caso é um caso. Algumas pessoas preferem fazer exercício pela manhã, outras ao final da tarde. E você? Considere qual o melhor horário para treinar sem desmotivar, desde que seja compatível com a sua rotina de trabalho e vida familiar, claro.

Se não tem preferência a nível de horário, aconselhamos o treino logo pela manhã porque lhe dará disposição e energia para enfrentar os compromissos do dia. O treino depois do horário de expediente é outra possibilidade, desde que vá diretamente para o ginásio (ou diretamente ao encontro do seu PT). Se passar primeiro por casa, vai sentir a tentação de ficar a descansar no sofá!

 

  1. Exercite-se em casa ou perto de casa

Se o exercício em casa ou perto de casa o ajudar a treinar sem desmotivar, pode procurar por um ginásio nas redondezas ou contratar os serviços de um PT que se deslocará até sua casa ou até algum espaço agradável na sua zona de residência.

 

  1. Arranje companhia

Fazer exercício com um amigo é sempre mais divertido e muitas vezes é tudo o que precisa para treinar sem desmotivar, já que o tempo passa mais rápido, tem alguém com quem trocar ideias e por quem comparecer assiduamente aos treinos.

Não tem nenhum amigo disponível? Junte-se a um grupo que goste dos mesmos desportos ou das mesmas aulas que você, mas não deixe de procurar por companhia – nem que seja pela companhia de um PT – porque está confirmado que fazer parte de um grupo passa uma sensação de compromisso que incentiva a prática de desporto e aumenta o desejo de melhorar a performance.

 

  1. Estabeleça objetivos concretos

Emagrecer? Ganhar massa muscular? Combater o stress? Prevenir doenças? Aumentar a qualidade de vida? Seja qual for o motivo, se definir objetivos concretos – alcançáveis e realistas - acaba por treinar sem desmotivar. E sabe porquê? Primeiro porque vai (supostamente) escolher o exercício mais eficiente para atingir esse objetivo e segundo porque uma meta dá sentido ao seu esforço e evita o desânimo.

 

  1. Defina recompensas

Se é daquelas pessoas cuja única recompensa que precisa por ter atingido o objetivo, é uma sensação de bem-estar e de dever comprido no final do treino, ótimo. Mas se esse tipo de recompensa não chega para treinar sem desmotivar, defina prémios de treino: comer um gelado, sair para jantar, comprar uns sapatos ou uma camisola nova… Vale tudo para se empenhar cada vez mais!

 

  1. Ouça música

Gosta de ouvir música? Então coloque umas músicas bem animadas no seu smartphone para ouvir durante o treino. A música é o acompanhamento perfeito da atividade desportiva porque ajuda a minimizar a sensação de fadiga, aumenta a capacidade e resistência, coordena o ritmo dos exercícios e reduz o cansaço mental.

Tem uma playlist preparada? Já definiu os seus objetivos de treino? Pensou em recompensas? Escolheu um parque perto de casa? Então só falta entrar em contacto com a RM Trainer para usufruir de acompanhamento por parte de um profissional certificado!