Peitoral musculado

blank
Importância do deadlift
Outubro 23, 2019
blank
Treino de equilíbrio
Novembro 6, 2019

Como conseguir um peitoral grande e tonificado?

Para a grande maioria daqueles que treinam arduamente, a sua maior dificuldade prende-se com os resultados a nível da hipertrofia do grande peitoral.

DATA: Outubro 2019
AUTOR: Rui Madeira | Exercício

Muitas são as teorias e as metodologias, no entanto, nem todas são acompanhadas de resultados, ou pelo menos os desejados, o que acaba por criar alguma frustração nos praticantes de musculação.

Muitos optam por aumentar o número de exercícios incidentes nesse grupo muscular e também o número de treinos por semana, acabando no entanto por correr o risco de sobrecarga não dando tempo para a supercompensação com a devida recuperação do mesmo, afinal fundamental para o seu crescimento.

Mas…não será um erro focarmo-nos apenas num grupo muscular ignorando o resto? Será que estamos em boa forma física para ter um peitoral assim tão delineado? Será que estamos a treinar corretamente e a recuperar ainda melhor? Será que estamos a alimentar-nos bem? Será que olhamos para o nosso corpo, antes de mais, como um todo?

Ficam estas questões para pensar sobre elas e sobre a sua influência na obtenção de resultados.

No que toca ao treino propriamente dito, aqui ficam algumas dicas que poderão ajudar a ter melhores resultados:

1- Foco na sobrecarga progressiva de qualidade

Certifique-se de que a cada semana ou duas no máximo, esteja a conseguir progredir. Pode medir esta progressão adicionando mais repetições ou mais peso (carga). Não fique estagnado e registe os seus progressos.

2- Não se “prenda” a um intervalo de repetições

Enquanto a maioria apenas executa de 8 a 12 repetições, é importante mudar. Tente por exemplo, implementar algum trabalho pesado de 3 a 5 repetições. Ou tente implementar mais intensidade com superséries e intervalos de repetições mais altos.

3- Construa essa conexão mente-músculo como se a sua vida dependesse disso

Já não restam dúvidas sobre a importância de manter a mente focada no exercício, na técnica, no músculo, na sensação…para a obtenção de um melhor resultado. É como dizer ao corpo aquilo que quer sentir e atingir.

Em suma, antes de mais, é fundamental que o seu processo de treino esteja bem orientado e devidamente direcionado para a obtenção dos resultados pretendidos. Depois, é crucial manter o foco no objectivo e trabalhá-lo de forma progressiva. Nunca esquecer que o nosso corpo é uma máquina que deve ser olhada como um todo e precisa de estar totalmente funcional, ou seja, em boa forma e bem nutrida. Bons treinos!