10 Dicas para reduzir a cintura

Portugal, um país sedentário
Novembro 2, 2022
Músculos maiores? Baixe repetições!
Novembro 15, 2022

Quantos de nós não gostaríamos de ter uma cintura fina?

DATA: Novembro 2022
AUTOR: Rui Madeira |Saúde

Na RM Trainer damos sempre primazia à saúde em detrimento da estética. Mas quem disse que uma cintura fina prende-se apenas com a beleza física? Nunca se esqueça dos inúmeros problemas de saúde e consequências que podem advir de uma cintura inchada, portanto com acumulação de gordura.

Por esta razão, apresentamos as seguintes 10 dicas, partilhadas de um artigo da Revista Metropolitan, as quais poderão ajudar a manter uma silhueta invejável.

1-Treino programado

Organize-se e planeie um programa de exercícios, se necessário, com a ajuda de um Personal Trainer (PT). Dependendo dos seus objetivos, da sua condição física e do tempo que definiu para si, um PT irá programar uma série de exercícios e dar-lhe várias orientações para que o seu objetivo seja alcançável.

2-Abdominais oblíquos e transversais

Está na hora de deixar de lado os abdominais tradicionais e dar lugar aos mais eficazes para definir a sua cintura. Em vez de trabalhar exaustivamente o reto abdominal, talvez seja boa ideia concentrar-se mais nos oblíquos e transversos. Estamos aqui a falar de vários tipos de pranchas, rotações do tronco, etc.

3- Hipopressivos

Devem fazer parte do seu dia a dia, pois vão ajudar a fortalecer os músculos profundos do abdómen. Este trabalho abdominal é um bom método para trabalhar a cintura abdominal e o soalho pélvico, aumentando a flexibilidade, melhorando a postura e a capacidade respiratória. Os hipopressivos podem ser trabalhados em diferentes posturas: em pé, quadrúpede, entre outras. O fundamental será fazê-los em apneia, mantendo a posição por vários segundos. Dever-se-á concentrar e sentir como o abdómen afunda e o diafragma sobe enquanto inspira.

4- Técnica de execução        

Certifique-se de realizar cada exercício corretamente para garantir os resultados desejados. Aqui, mais uma vez, salientamos a importância de consultar um profissional do exercício caso tenha dificuldades no modo de execução dos exercícios que preenchem o seu treino. Boa técnica é essencial ou então mais dificilmente obterá resultados!

5- Alimentação

A nutrição e o exercício físico devem andar sempre de mãos dadas. Como regra geral, terá que evitar a ingestão de adoçantes artificiais e gorduras "trans". Além disso, certifique-se de que a sua dieta é equilibrada. É aconselhável consultar um nutricionista que adaptará as suas necessidades e gostos. Lembre-se de que sua primeira visita é um guia de diagnóstico e recomendações que você pode e deve aproveitar.

6- Hidratação

Beber muita água! A hidratação adequada é essencial para combater a retenção de líquidos, aumentar a vitalidade e mantê-lo hidratado e preparado para o exercício físico.

7- Respiração

É fundamental seguir uma boa respiração quando nos exercitamos, especialmente no caso dos abdominais e também para uma correta execução dos exercícios. Certamente que estará familiarizado com o expirar ao fazer o esforço e inspirar ao retornar à posição inicial.

8- Descanse

Durma o suficiente e evitará lanches não saudáveis. Sabia que a falta de descanso aumenta o apetite e muitas vezes incentiva-nos a comer alimentos menos saudáveis? Um bom descanso permite-nos enfrentar a rotina diária com vitalidade, sem ter de recorrer a snacks pouco saudáveis ​​para obter aquela dose de energia que nos falta.

9- Consistência

Não há tempo a perder. A perseverança é um requisito essencial para que os resultados cheguem o mais rápido possível.

10- Spa

O stress é um inimigo de uma cintura fina. Então, mime-se e permita-se desfrutar, ou de uma massagem relaxante ou de recuperação, ou até mesmo apenas um jacuzzi para relaxar, recuperar o seu corpo e dar descanso à sua mente.

No fundo, aquilo que a RM Trainer lhe recomenda é que haja um equilíbrio em redor de todos estes pontos abordados.

          O tamanho da sua cintura será diretamente proporcional às consequências dos seus comportamentos.